Skip to main content
ansiedade

Estratégias para ajudar crianças ansiosas

Não são apenas os adultos que sofrem com ansiedade, muito pelo contrário. A ansiedade é um fator que pode ocorrer na infância e piorar conforme o passar do tempo. A dúvida que surge entre os pais é: como ajudar os filhos a controlar a ansiedade por conta própria?

Quando a ansiedade aparece, é natural que a maioria dos pais entrem numa bolha de proteção e tentem resolver o problema de forma errada. O correto é fazer com que essa criança que se preocupa excessivamente com uma variedade de coisas, como notas, problemas familiares, relacionamentos tenha um estilo de vida mais leve e livre de preocupações.

É uma boa ideia diminuir o ritmo diário dessa criança para, assim, diminuir o estresse geral causado pela ansiedade. Crianças portadoras de TAG são duras consigo mesmas e buscam a perfeição, além de estarem o tempo todo tentando uma aprovação ou confiança alheia.

Você não pode proteger o seu filho da ansiedade, mas pode ajudá-lo a controlá-la.

Defina expectativas claras

É importante ter expectativas semelhantes para crianças ansiosas e para crianças não ansiosas. No entanto, também pode ser útil prosseguir em um ritmo mais lento e fazer alguns ajustes. Enquanto seus outros filhos provavelmente querem participar de todas as festas de aniversário, seu filho ansioso provavelmente quer ficar em casa.

Nessa situação, pode ser útil participar de festas pequenas que não incluam gatilhos para uma crise (superlotação, música alta, falta de estrutura / supervisão). Estabelecer expectativas claras e ajudar seu filho a criar referências apropriadas para atender a essas expectativas ensina que ele pode trabalhar com sentimentos ansiosos e administrar sua ansiedade.

Deixe a criança ansiosa se preocupar

Nenhuma criança parou de se preocupar porque um dos pais disse: “Não se preocupe!” ou “Relaxe!”. De fato, a preocupação tem uma função importante em nossas vidas. Sem ela, não iríamos considerar perigos reais que nos ameaçam.

Portanto, dê a seu filho um tempo ininterrupto com você todos os dias para desabafar as preocupações e debater soluções juntos.

Ajude-a a construir um Kit de Sobrevivência

Se você quer capacitar seu filho para lidar com suas preocupações, você tem que ajudá-lo a aprender uma variedade de habilidades de enfrentamento. Uma coisa que ajuda as crianças ansiosas é ter uma lista concreta de estratégias para usar em um momento de ansiedade.

Enquanto alguns podem memorizar uma lista de estratégias, outros podem precisar anotá-las. Tente esse:

  • Respiração profunda
  • Relaxamento muscular progressivo
  • Bola anti-stress
  • Escreva o que sente
  • Fale de volta para preocupações e reformule pensamentos
  • Obter ajuda de um adulto

Tenha empatia

A ansiedade pode ser paralisante para crianças pequenas. Quando as crianças se sentem completamente sobrecarregadas por pensamentos ansiosos, elas lutam para fazer coisas cotidianas, como ir à escola ou praticar esportes em grupo. Crianças ansiosas até evitam coisas divertidas como aniversários e filmes. É importante ter empatia com o seu filho. Isso normaliza o que eles experimentam e os ajuda a entender que eles não estão sozinhos, e você os guiará através das dificuldades dele.


Dica final: não se esqueça de cuidar das suas próprias necessidades. Entre o sono interrompido e as preocupações constantes, a ansiedade infantil também pode prejudicar os responsáveis. Certifique-se de priorizar suas necessidades de saúde para que você tenha a energia que precisa para ajudar seu filho nesse momento difícil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *