Skip to main content

Eu tenho? 09 sinais de que você tem transtorno de ansiedade

É normal ficar ansioso ou agitado de vez em quando – falar em público ou problemas financeiros, por exemplo, podem deixar algumas pessoas ansiosas. Mas, para alguns, a ansiedade se torna frequente, ou tão forte, que começa a dominar o dia a dia da pessoa.

Como faço para descobrir se cruzei a linha de um transtorno? Digamos que não seja fácil. A ansiedade surge de diversas formas diferentes – como ataques de pânico, fobia e ansiedade social – e a distinção de um diagnóstico oficial e uma ansiedade “normal” nem sempre é muito clara.

Aqui está um começo: se você sentir qualquer sintoma regularmente, procure um médico.

Preocupação em excesso

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) – o tipo mais amplo de ansiedade – têm como marca o fato da pessoa se preocupar demais com coisas cotidianas, grandes e pequenas. Mas o que é “demais”?

No caso da TAG, significa ter pensamentos ansiosos persistentes durante seis ou mais meses. Além disso, a ansiedade é tão ruim que interfere no cotidiano e é acompanhada de uma enorme fadiga.

Ter ansiedade às vezes não te torna um ansioso. O problema é quando a ansiedade começa a afetar todos os aspectos da sua vida, te impedindo de viver.

Insônia

insonia ansiedade

A dificuldade em pegar no sono ou permanecer dormindo está associada a uma gama de condições de saúde, tanto psicológicas quanto físicas. E, claro, não é nada incomum sofrer com antecipação por causa de uma entrevista de emprego ou uma importante disputa por uma promoção na empresa.

Mas, se você se encontra cronicamente acordado, preocupado ou agitado – sobre problemas específicos (dinheiro, grana, money) ou nada particular – pode ser um sinal de que você tem transtorno de ansiedade. Segundo estudos, metade de todas as pessoas com TAG sofrem com problemas para dormir.

Outro importante detalhe: Se você acorda sentindo-se agitado, sua mente está acelerada e você não consegue se acalmar, a ansiedade também está em ação.

Medos irracionais

Algumas ansiedades não podem ser consideradas generalizadas, pois elas estão ligadas a situações ou coisas específicas – como animais, voos, multidões. Se o medo se torna esmagador, desproporcional e disruptivo em relação ao risco real envolvido, é um sinal de que você está tendo fobias, um tipo de transtorno de ansiedade.

Tensão muscular

A tensão muscular é realmente constante e consiste em apertar a mandíbula, enrolar os punhos ou flexionar o músculo por todo corpo. Exercícios regulares podem ajudar a manter a tensão muscular sob controle, mas a tensão pode aumentar se ocorre algum evento que não foi previsto. O fato de você ficar inquieto aumenta o nervosismo e consequentemente aumenta sua ansiedade.

Problemas digestivos

A ansiedade pode começar na mente, mas muitas vezes se manifesta em sintomas físicos, como indigestão, cólicas, inchaço, gases e até mesmo diarréia.

Autoconsciência

Transtorno de ansiedade nem sempre envolve falar pra uma multidão ou ser o centro das atenções. Na maioria dos casos, a ansiedade é provocada por situações do cotidiano, como conversar com amigos em uma festa, comer ou beber na frente de pessoas, fazer uma viagem rápida, dirigir. Nessas situações, as pessoas com ansiedade costumam imaginar que os olhos estão todos voltados à elas.

Pânico

Ataques de pânico podem ser aterrorizantes: imagine uma sensação súbita de medo e desespero que pode durar vários minutos, acompanhados por sintomas físicos assustadores, como problemas respiratórios, batimentos cardíacos, formigamento ou dor no corpo, suor, fraqueza ou tontura, dor no peito, dor no estômago e sensação de calor ou frio.

Nem todo mundo que tem um ataque de pânico tem transtorno de ansiedade, mas as pessoas que experimentam repetidamente podem ser diagnosticadas com transtorno de pânico. Pessoas com transtorno de pânico vivem com medo de quando, onde e por que o próximo ataque pode acontecer, e tendem a evitar lugares onde ocorreram ataques passados.

Perfeccionismo

A mentalidade mimada e obsessiva conhecida como perfeccionismo anda de mãos dadas com o transtorno de ansiedade. Se você está constantemente julgando a si mesmo ou tem muita ansiedade antecipada sobre cometer erros ou ficar aquém de seus padrões, então provavelmente tem um distúrbio de ansiedade.

O perfeccionismo é especialmente comum no Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).

Insegurança

Persistente dúvida sobre si mesmo. Em geral essa dúvida pode ser sobre a própria sexualidade ou sobre relacionamentos próximos, como por exemplo, “Será que meu marido me ama?”. Esses “ataques duvidosos” são muito comuns quando uma pergunta não pode ser respondida.

2 thoughts to “Eu tenho? 09 sinais de que você tem transtorno de ansiedade”

  1. Sinto tudo isso e muito mais como dor na nuca e nos ombros cançasso em excesso vontade de morrer tudo isso mas tento me controlar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *