Skip to main content

Três mitos acerca dos ataques de pânico

Existem uns maus entendidos que preocupam a maioria dos portadores da síndrome do pânico. Não é para menos, já que é horrível sentir os seus efeitos que muitas vezes se confundem outros, principalmente com problemas do coração. É importante saber que os ataques de pânico não são perigosos, isto apesar de o parecerem ser.

Os três maiores mitos:

Um ataque de pânico pode causar um ataque cardíaco. 

Batimento cardíaco rápido é assustador, mas não é perigoso. Um coração normal pode sustentar até 200bpm (batimentos por minuto) durante semanas, sem qualquer repercussão. Durante um ataque de pânico o coração pode chegar aos 150bpm o equivalente a uma caminhada de 10\40 minutos, para, além disso, uma crise de pânico tem uma duração de 10\30 minutos.

Um ataque de pânico vai fazer você sufocar. 

O peito aperta assim como a garganta, parece que se vai morrer sufocado, mas não vai. O nosso cérebro não vai deixar que tal aconteça, ele tem uma ação reflexa que obriga a pessoa a respirar, mesmo se você estiver travando a respiração. Durante um ataque de pânico mesmo que queira, não conseguir parar de respirar.

Um ataque de pânico vai fazer você desmaiar.

 Embora se possam sentir tonturas durante uma crise isso é normal. Isso acontece porque está hiperventilando (respiração rápida), a circulação de sangue para o cérebro é ligeiramente mais baixa, mas insuficiente para ocorrer um desmaio.

 

Conteúdo retirado do Blog Síndrome do Pânico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *